Sou feliz em Ti Soso

///

Estou em meio a muitas coisas acontecendo ao mesmo tempo. Parece não… Está realmente faltando tempo, para executar com primor boa parte das minhas prioridades. Neste domingo acordei cedo. Queria ganhar momentos tranquilos antes da Sofia acordar.

Mas ela despertou logo, e eu já cansado deitado no sofá da sala, dando sua mamadeira matinal, acabei sendo vencido pelo meu sono atrasado. Só que não pude dormir. A todo instante ela tentou me acordar. Ora me cutucando, ora me trazendo bichinhos me chamando para brincar. Mamãe foi ver seus doentes, e lá fomos nós para rua com os cachorros.

Na volta, o melhor desenho não foi páreo para a manter em frente a Tv. Ela queria ficar comigo, em minha mesa de trabalho, e por que não tentando assistir a seu desenho preferido, ao mesmo tempo em que ficava entre minhas pernas no home office. Meio dia. Ela mamou de novo e dormiu. Desta vez no colo, e na escada do prédio. Não estranhem, esta é outra história. Mas enfim…

Resistir é inútil. Uma criança não toma seu tempo. Ela quer mais do que o seu tempo. Ela quer você com tudo aquilo que nem você que tem para ofertar. Empreendedores deixam para casar e ter filhos mais tarde, eu me programei para isto. Fui pai quase aos 40, mas mesmo assim a Sofia apareceu enquanto eu ainda não havia desistido de correr atrás dos meus mais malucos sonhos.

Eu poderia dizer que fico triste por ter perdido a minha manhã na frente dos meus textos e projetos. Mas não. Vejo agora que todo o vai e vem com minha filha, naturalmente me desacelerou… E sempre é assim. Como um calmante sem precedentes, enquanto a embalava, a abraçava, ou quando fui obrigado a passear no passo do dragão de mãos dadas pela pracinha aqui perto… Bem. Fui forçado a repensar minha vida, meus planos, e eles nunca mais são os mesmos depois que volto a trabalhar perante o silêncio de seu sono.

Acusa o ditado popular que um homem se realiza quando planta uma árvore, tem um filho e escreve um livro.  Muitos pensam que escrever um livro é difícil. Sim. É difícil escrever um livro que venda. Eu já escrevi mais que um livro, ainda não sei se o primeiro que publiquei vai vender ou se as pessoas vão gostar.

Mas mais complicado mesmo é ter um filho, mais do que isto, difícil é conviver com a ideia de que ele não veio ao mundo para somente ser educado. Cedo ou tarde, você descobre que ele surgiu em sua vida para também o fazer aprender novas coisas. Para o fazer repensar o seu viver, e questionar seus valores sobre o que falta para a sua felicidade.

Ou seja, que se danem os projetos mirabolantes.
E Deus me salve da frustração se os sonhos impossíveis jamais sejam alcançados.

Sou feliz em Ti SoSo.
Para todo o sempre!

Papai.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Previous Story

A Espera acabou!

Next Story

4 filmes de Avatar?

Latest from Intimo e Pessoal

error: Content is protected !!