Você que não me conhece…

//

Você que me conhece…
Não faz ideia da minha composição 
Minha essência, realidade 
Ou o que dou mais valor, 
ou faz sentido em minha vida
Sou íntimo da poesia 
Mais que muita coisa no meu dia a dia

Mais que montanha russa 
Mais que show de rock 
Mais que viajar 
Ladeado por natureza selvagem
Mais que mergulhar…
No fundo do mar…
Longe das praias sujas
Entre corais coloridos 
e peixes esquisitos

Poesia transforma…
Recupera, salva o cara!
Poesia alivia a dor,
E detona o terror,

Escreva poemas em meio a frustação
Enquanto estiver enfrentando um fim,
Lutando contra o impossível
Chorando pela desilusão.

Não perdi nada…
Acabei de me livrar
Não sou aquele
Sou muito mais 
E você não viu

Sou o Chico
E vivo em outro mundo…
E tenho meus próprios universos 

Te assusto?
Sou diferente? 
Vaza!
E lembre-se:
O que se faz por amor
Está além do bem e do mal

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Previous Story

Super Shen e o Robo Gigante

Latest from Editorial

Poesia para que?

Poesia para que? No meu antigo blog, eu gostava de escrever poesias. Davam-me prazer. Na nova

Meus 44 anos

Desde que aprendi a escrever, sempre tento dizer algo de relevante no dia do meu aniversário.

O Arco-íris

Quando eu era criança, eu jurava que no começo ou final de um arco-íris haveria de

Buraco Negro

Buraco Negro. Concepção artística da Nasa sobre um Buraco Negro numa galáxia anã Onde será que foi parar algumas