Concebendo a Capa de A Fada e o Bruxo

//
Primeira capa para A Fada e o Bruxo

Caso você não conheça muitas coisas sobre produção de livros, explico que muitas capas são feitas com artes e fotos pré-concebidas, que podem ser vendidas e usadas para vários propósitos. Isto quer dizer, que você pode achar a foto usada para um livro preferido numa propaganda de creme dental.

Eu queria conversar com meus leitores desde as primeiras imagens. Então nossa primeira capa foi  desenhada de acordo com minha vontade. Coordenei os trabalhos do desenhista Licínio Souza, decidindo junto de outras pessoas a roupa ela estaria usando, como se sentia, onde estaria. Ou seja, imprimimos na capa ORIGINALIDADE, uma das marcas características forte de tudo que segue no Universo Ivi.

Primeiro: O livro fala de fadas, bruxas, dragões e aberrações. Minhas fadas em especial são diferentes, podem voar com asas físicas, mas também com asas de luz. Se você prestar atenção no desenho vai perceber, minha fada está voando envolta por energia.

Segundo: Veja que a personagem está com raiva! Sim, ela é a Emma,  a bruxa madrinha de Aiden. Como diz a sinopse já divulgada, está menina passa por mau bocados lutando pelo amor desta pessoa que ela protege, mas ama outra pessoa.

Terceiro: Perceba o lugar onde Emma está, que ela está gritando e sentindo muita dor, algo de muito grave está acontecendo.

Como foi feita a capa?

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Previous Story

Cristina Scabia

Next Story

Bienal do Livro de São Paulo em 2010

Latest from A Fada e o Bruxo

Territórios Sombrios

Territórios Sombrios eram refúgios sobrenaturais, onde as aberrações lançadas por Garnaziz se instalaram para se proteger.