5 principais arrependimentos das pessoas em seus leitos de morte

5 principais arrependimentos das pessoas em seus leitos de morte.

Eu fiquei de cara quando descobri este livro. Nele, uma enfermeira registrou os arrependimentos mais comuns dos que estão morrendo e entre os principais está “eu gostaria de não ter trabalhado tanto”. Qual seria o seu maior arrependimento se este fosse seu último dia de vida?

Bronnie Ware é uma enfermeira australiana que passou vários anos trabalhando com medicina paliativa, cuidando de pacientes nas últimas 12 semanas de suas vidas. Ela escreveu um blog chamado Inspiration and Chai, que atraiu tanta atenção que virou um livro.

Ware escreve sobre a fenomenal clareza de visão que as pessoas obtêm no final de suas vidas e como podemos aprender com sua sabedoria. “Quando questionados sobre quaisquer arrependimentos que eles tiveram ou algo que fariam de maneira diferente”, diz ela, “temas comuns surgiram várias vezes”.

Aqui estão os cinco principais arrependimentos destas pessoas, como testemunhado por Ware:

1. Gostaria de ter tido a coragem de viver uma vida fiel a mim mesma, não a vida que os outros esperavam de mim.

“Esse foi o arrependimento mais comum de todos. Quando as pessoas percebem que sua vida está quase no fim e olham para trás com clareza, é fácil ver quantos sonhos não foram realizados. A maioria das pessoas não havia honrado nem a metade de seus sonhos e tiveram que morrer sabendo que era devido a escolhas que haviam feito ou não. A saúde traz uma liberdade que poucos percebem, até que não a têm mais. “

2. Eu gostaria de não ter trabalhado tanto.

“Isso veio de todos os pacientes do sexo masculino que eu cuidei. Sentiram falta da juventude de seus filhos e da companhia de suas parceiras. As mulheres também falavam desse arrependimento, mas como a maioria era de uma geração mais velha, muitas das pacientes do sexo feminino não tinham ganho dinheiro. 

Os homens profundamente lamentavam terem passado a maior parte de suas vidas na esteira de uma existência profissional “.

3. Gostaria de ter tido a coragem de expressar meus sentimentos.

“Muitas pessoas reprimiram seus sentimentos para manter a paz com os outros. Como resultado, eles se estabeleceram em uma existência medíocre e nunca se tornaram quem eram realmente capazes de se tornar. 

Muitas desenvolveram doenças relacionadas à amargura e ressentimento que carregavam como resultado.” “

4. Gostaria de ter mantido contato com meus amigos.

“Muitas vezes eles não realizavam realmente todos os benefícios dos velhos amigos até a semana da morte e nem sempre era possível localizá-los. Muitos ficaram tão envolvidos em suas próprias vidas que deixaram as amizades de ouro passarem ao longo dos anos. 

Havia muitos arrependimentos por não dar às amizades o tempo e o esforço que eles mereciam. Todo mundo sente falta dos amigos quando está morrendo. “

5. Eu gostaria de ter sido mais feliz.

“Este é surpreendentemente comum. Muitos não perceberam até o fim que a felicidade é uma escolha. Eles permaneceram presos em velhos padrões e hábitos. O chamado” conforto “da familiaridade transbordou em suas emoções, bem como em suas emoções físicas. 

O medo de mudar os fazia fingir para os outros e para si mesmos que estavam satisfeitos, quando no fundo ansiavam por rir adequadamente e por terem tolices em suas vidas novamente “.

E você?

Qual é o seu maior arrependimento até agora e o que você pretende alcançar ou mudar antes de morrer?

Eu?

Como disse no começo e repito: Eu sou o Chico, e durante toda minha vida fui recriminado, por ser fiel ao que acredito, a não reprimir meus sentimentos em pro da simpatia alheia … 

Juro que não sei do que me arrependeria. Pensei, pensei e me lembrei de algumas coisas… que não tinham como ser alteradas, antes de eu ter tomado a decisão errada. Só se eu pudesse voltar no tempo com uma máquina.

E sobre ser eu mesmo?

Eu ainda vou descobrir de onde tirei esta dadiva! Que por vezes me dão glórias, por vezes … dores por conta de tombos homéricos.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Previous Story

Bruxa de EvoQue em As Crônicas de Ivi

Next Story

Vila Grokos em As Crônicas de Ivi

Latest from Especiais de Mudo de Chico

Corra até Cansar…

Corra até Cansar… Nasci sem poder me exercitar, e tudo devido ao meu problema de coração.

Sobre as Nuvens

Hoje enquanto voava sobre as nuvens pensei um pouco sobre estes mais de 20 anos no