Lamborguine

Muitos novos autores jovens de hoje lutam por serem criativos. Sem querer, na maioria das vezes escrevem histórias baseadas em sucessos que os acompanharam durante a adolescência. Muitos livros são copias inspiradas nas sagas Harry Potter e Crepúsculo.

Na minha infância fui apaixonado pelo seriado Super Maquina. Aquela em que o carro falava e saltava como um cavalo. Quando jovem, criando minha primeira história não foi muito diferente. Acabei criando um herói interligado emocionalmente com seu carro. Este carro era um Lamborguine vermelho e até tinha um nome: FireRed.

Isto aconteceu há quase 30 anos atrás. Hoje, em 2013 existem notícias de que a Lamborghini começou a revelar algumas novidades para comemorar seu 50º aniversário em maio. O CEO da marca, declarou que um veículo será lançado, mas não deu grandes detalhes sobre o visual. Disse que terá um design único e especial. Nada de característica retrô. Uma fonte da montadora italiana informou ao portal World Car Fans se tratar de uma edição limitada do Aventador com mais fibra de carbono em sua estrutura.

No segundo livro de As Crônicas de Ivi vão aparecer dois carros legais. Estou me segurando para não colocar a Lamborguine na minha história.  Ela não vai falar e nem vai ter um led piscando sobre o capo.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Previous Story

O livro do papai

Next Story

Roqueira?

Latest from Cultura Pop

Coyote e Papa-léguas

Desde que minha filha era neném, costumava mostrar para ela o Bip Bip, ou melhor… o Papa-Léguas fugindo do